A equipe do Castro Falcão Basquete recebeu nesta quarta-feira (12) cintos de fixação M2 para as cadeiras de rodas dos atletas. O equipamento oferece mais estabilidade e melhores condições de movimentação durante o jogo. A entrega foi feita pelo prefeito Moacyr Fadel Junior, no Ginásio de Esportes Douglas Pereira. “Os cintos vão permitir maior mobilidade no corpo durante as partidas e mais segurança para os atletas”, explica o secretário municipal de Esportes de Castro, Marcos Vinicios de Rocco.

O Castro Falcão Basquete foi criado em 2011 para trazer qualidade de vida para portadores de deficiência. Em 2012 a equipe começou a participar de competições e atualmente, com 18 atletas, se prepara para disputar o Campeonato Paranaense de Basquete em Rodas, a Copa Curitiba e os Jogos Abertos Paradesportivos do Paraná (Parajaps).

Para o técnico do time, Josias Machado, com o apoio da Prefeitura, o esporte deve crescer e atrair mais pessoas. “O basquete em cadeira de rodas é motivo de orgulho para Castro, que está entre as nove cidades paranaenses que têm equipes”, disse.

 

Mudança

Para Alessandro de Jesus Lima de Sá, que teve a perna amputada, o basquete trouxe grande transformação em sua vida. “Eu não praticava esporte. Aqui fiz amizades, criei vínculos. Não é apenas jogo, é união de pessoas”, disse.

O capitão do time, José Adão Martins dos Santos, que está desde o início no projeto, destacou o crescimento da equipe de basquete. “Nosso time cresceu, melhorou muito e hoje somos respeitados por outras equipes de basquete”, disse.

Apoio

Além dos cintos, Fadel garantiu a compra de 10 cadeiras de rodas para o time. As antigas serão utilizadas para integrar mais pessoas ao projeto.

Temos carinho especial pelos cadeirantes e vamos fazer o que for possível para que os atletas do basquete em rodas tenham melhor estrutura para esse projeto que valoriza o esporte e traz inclusão social”, concluiu.