A Secretaria Municipal de Educação, por meio da Superintendência de Alimentação Escolar, realizou nesta sexta-feira (2), a entrega de certificados para as merendeiras de 27 escolas e Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) dentro do projeto “Cozinhas que Brilham”.

De acordo com a superintendente de Alimentação Escolar da secretaria, Lia Giordani Calleya, a certificação visa a avaliação e o reconhecimento das cozinhas que aplicaram de forma adequada as boas práticas de manipulação de alimentos. As cozinhas das unidades foram avaliadas durante o ano letivo de 2017 de acordo com um checklist padrão embasado em lei da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A premiação foi nas categorias Ouro, Prata e Bronze conforme a pontuação alcançada acima de 90% das exigências como uso de uniformes, higiene do espaço físico e execução do cardápio entre outros. “Essas profissionais já tinham boas práticas. Agora com o resultado aferido, estamos dando a elas, o retorno de todo esse esforço”, disse.

Para a diretora do Cmei Turma do Pererê, Eliana Aparecida Hey, a certificação é uma forma de valorizar o trabalho das profissionais. “Elas se dedicam o ano todo e fazem um trabalho com muito amor pelas nossas crianças. A premiação é um incentivo para melhorarem cada vez mais", avaliou.

O prefeito Moacyr Fadel Junior parabenizou a equipe da merenda escolar e as profissionais que trabalham nas escolas. “Vocês têm uma grande responsabilidade. Prezamos muito a alimentação escolar e conhecemos a competência de vocês. Nada mais justo do que receberem esta homenagem. Parabéns”, disse.


Honra

Os Cmeis Nosso Lar e Rubens José Quintiliano também receberam menção honrosa, além da certificação. “Essas duas escolas superaram todas as dificuldades para as atividades propostas além da merenda escolar. Fizeram tudo com excelência”, explica a nutricionista Juliane Vieira.

A secretaria também entregou uniformes para as merendeiras composto por duas unidades de calças, camisetas, sapatos de segurança, toucas e uma galocha.

 

Capacitação

Além da premiação, as merendeiras e diretores das escolas passaram por capacitação sobre a merenda escolar. A superintendência abordou vários temas e apresentou um comparativo da alimentação escolar em Castro com outros países.